sexta-feira, 11 de março de 2011

1.8 outonos se passaram

Era uma noite chuvosa do dia 11 de Março que abri meus olhinhos pela primeira vez, para esse mundo caótico. A partir dai que eu encantei a todos com a minha simpatia e beleza (oi?).
Nunca fui a mais bonita, nem a mais bem vestida, na verdade eu sempre fui meia palhaça e a me vestir igual a uma também. É claro, influenciada pela minha adorável mãe. Nunca tive muitos amigos, aqueles que tinha bastavam para mim. Sempre vivia com um sorriso parafusado na cara.
Era a única defesa que eu tinha, mas isso não quer dizer que não sou feliz, só que muitas vezes sorrisos confundem as pessoas (ainda acho que é uma boa arma pra pessoas pouco confiáveis de plantão).
Sinto falta de ficar na rua brincando de esconde esconde, de barbie sem preocupação alguma. Alias, as únicas preocupações eram de terminar o dever de casa a tempo para assistir Chaves. Hoje tenho uma peso uma pouco maior nas minhas costas. As coisas mudaram, eu cresci, meus sonhos e vontades mudaram, alguns amigos também e sem falar na aparência que melhorou muito. E acredito que vão continuar mudando, porque mesmo que mudanças venham com o sentimento de medo na bagagem é sempre bom dar uma renovada para não cair na monotonia.


enfim, PARABÉNS PRA MIM!

2 comentários:

Ana.K disse...

Parabéns,
que venham mais transformações neste eterno crescimento que é a vida.

;*

may disse...

o nenem cresceu ahahah