segunda-feira, 10 de maio de 2010

...

-Eu vou embora.
-NÃO, não espera mais um pouco?!
-Eu não posso já prolonguei isso demais.
-Mais...
-Nada de mais, NÃO DEU CERTO. OK!
-VOCÊ NÃO PODE FAZER ISSO COMIGO, DEPOIS DE TUDO QUE EU FIZ POR VOCÊ, POR NÓS!
-Será que você não entende? Nada valeu apena, foi tudo em vão, todo seu esforço não serviu pra nada eu nunca fui seu, nunca.
-Mais você me disse que me amava.
-E amava...
-Então pra que tudo isso? Eu te amo me diga o que esta acontecendo?
-Como me disse EU AMAVA agora tudo mudou.
-O quê mudou? Por quê?
-Simples, eu não te amo mais.
-Você esta mentindo! Eu te conheço muito bem me diga o que realmente esta acontecendo.
-Olha eu não te quero mais e estou indo embora, não me procure esqueça que eu existi, você entendeu?
-Se é isso que você quer!
-Sim, é isso.
-TUDO BEM, ENTÃO VÁ...
Com a cabeça erguida ele se foi, mais por dentro seu coração chorava, chorava por magoa – lá, chorava por ter que deixa – lá, chorava porque seria a ultima vez que a veria. Ele não podia contar para ela que estava doente, que estava morrendo...
Por mais que doe – se terminar com ela, seria mais fácil para ela pensar que ele não á queria mais ao invés de sofrer em seu leito de morte.
- Me perdoe, eu te amo e sempre amarei- sussurro ele para o vento.

4 comentários:

Islla Lopes disse...

noooooooooossa, amei :(

may disse...

lauuraa, que liindo biiixaaaaa!

Thamy disse...

Ai que triste e romantico!

Henrique Miné disse...

putamerda, que coisa triste...

Sei lá viu, se tem algo que tenh medo é de pegar uma dessas doenças fodidas, sabia?

Eu, hein! :B

beeeeijos.